skip to Main Content

Relatório WITSA: o papel dos governos diante da transformação digital acelerada pela Covid-19

Para construir um setor de Tecnologia próspero, capaz de desempenhar uma mola mestra do desenvolvimento econômico, é vital que o desenvolvimento tecnológico e a inovação estejam no centro das principais prioridades para os governos e seus governantes. Estamos diante de um enorme desafio no mundo pós-pandemia, onde as políticas públicas atuais não atendem mais aos modelos novos sendo criados a partir da disrupção tecnológica rompedora que todos vivemos

É preciso criar mecanismos mais consistentes para promover inovação, é vital promover mudanças nas regras de comércio, é necessário rever os regimes tributários, se tornou imperativo requalificar integralmente os sistemas educacionais e a formação de mão de obra, para que prepararem as pessoas com as novas habilidades, e desta forma, os países e seus cidadãos poderem prosperar e melhorar sua qualidade de vida.

As nações precisam considerar uma política de desenvolvimento da Indústria de Tecnologia que define especificamente diretrizes para que consiga exercer seu papel viabilizador para este mundo cada vez mais digitalizado e rápido em que vivemos. E é neste papel que a Federação Assespro apoia o seu mandato para com a sociedade, buscando a todo momento, fornecer os subsídios necessários para que tenhamos políticas públicas consistentes e coerentes, e sejam realmente impactantes na produção de maior qualidade de vida dos brasileiros.

A Assespro representa o Brasil na Confederação Global das Entidades Empresariais de Tecnologia, a WITSA, e tem buscado, através dessa representação, contribuir para uma visão global que permita a inserção social e econômica e maior prosperidade de todos. Com isso, compartilhamos o último relatório da WITSA, “The Role of Government in Connecting the World – An Industry Perceptive”, sobre qual deve ser o papel dos governos diante da transformação digital recentemente acelerada pela Covid-19.

Acesse o documento completo aqui.

Por Robert Janssen 
VP de Relações Internacionais da Assespro Nacional e membro do Conselho da WITSA

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
X