Página InicialNa MídiaPress Releases

04/04/2014 Linux é usado em 41% das empresas brasileiras de TI, aponta pesquisa

 Linux ainda está de longe de ser o sistema operacional dominante nos computadores das companhias brasileiras de TI. Ou pelo menos é isso que apontam os resultados do Censo da Associação Brasileira de Profissionais de Tecnologia da Informação, a Assespro: segundo a pesquisa, o SO de código aberto é adotado em apenas 41% das empresas entrevistadas.

O Linux ainda está de longe de ser o sistema operacional dominante nos computadores das companhias brasileiras de TI. Ou pelo menos é isso que apontam os resultados do Censo da Associação Brasileira de Profissionais de Tecnologia da Informação, a Assespro: segundo a pesquisa, o SO de código aberto é adotado em apenas 41% das empresas entrevistadas.

Para efeito de comparação, a linha Windows está presente em 78% delas. O Linux ainda fica à frente do Mac OS, usado por apenas 10%, e dos sistemas operacionais móveis, que contam com 28% de participação nas companhias de TI. Aliás, vale ressaltar que há empresas que usam vários sistemas operacionais, e por isso a soma das porcentagens ultrapassa os 100%.

O estudo foi feito pelas Assespro Nacional em parceria com a Associação das Empresas de TI da América Latina, Caribe, Portugal e Espanha (ALETI), e envolveu 849 empresas de 17 países. Por isso, estabelecer uma comparação com o uso do Linux nessas outras regiões é até fácil – e revela um resultado que não é dos mais animadores, especialmente se levarmos em conta as iniciativas recentes do governo para tentar fomentar o uso de sistemas abertos.

O Brasil é o país com menor adoção do SO entre todos os envolvidos na pesquisa, e apenas os dois europeus mostraram um resultado relativamente parecido. Em nossos vizinhos (Argentina, Paraguai, Bolívia, Chile e Uruguai), a porcentagem de empresas que adotam Linux chega a 58%, enquanto no México e no resto da América Central, o número alcança os 49%.

“Foi uma surpresa ficarmos atrás nessa comparação”, disse a INFO Roberto Mayer, presidente da ALETI e VP de Relações Públicas da Assespro Nacional. Para ele, a política de incentivo ficou longe de surtir o efeito desejado, muito porque os investimentos acabaram focados demais no próprio governo – e não mexeram no mercado.

Em termos de tecnologias abertas, essa inferioridade numérica brasileira persiste. Por aqui, apenas 38% das companhias nacionais de TI disseram à Assespro que usam algum recurso de código aberto de forma contínua ou ao menos frequentemente. Nas redondezas pela América e na Europa, esse número bate os 55%.

São poucas também as empresas daqui que adotam um modelo open source para suas tecnologias. Apenas 9% delas disponibilizam os códigos de seus programas; já na vizinhança e na Península Ibérica, o porcentual chega a 22% e 28%, respectivamente. “Se as empresas não disseminam essas tecnologias, é porque acham que não compensam”, disse Mayer. “E mudar essa visão é algo em longo prazo” – e depende de uma a política pública que funcione, claro. 

FONTE: Info Exame

Veja onde mais esse material foi publicado: Olhar Digital ; Convergência Digital ; Portal iMasters ; Portal Info Tec ; Portal PBTI ; Portal Software Livre ; Portal Nerd's House ; Portal F(r)ases da Vida ; Porta BrandPress

Editar esta página (área restrita)

 

Institucional

Associados

Biografias

Depoimentos

Diretoria Nacional

Diretorias Regionais

Histórico

Internacional

Missão, Visão e Valores

Núcleos Regionais

Transparência

Contatos

Contate Nossa Assessoria

Onde Estamos

Receba nossa Comunicação

Sua Opinião

Webmaster

Associe-se!

Filie-se Já!

Quem pode se Associar

Seja um Conveniado

Seja um Patrocinador

Benefícios

Comerciais

Competitividade

Eventos

Juridico-Tributarios

Reconhecimento

Recursos Humanos

Representatividade

Salas e Auditórios

Biblioteca

Agenda do Setor de TI

Dados de Mercado

Documentos

Inscritos em Prêmiações em Andamento

Inscritos em Premiações Encerradas

Legislação

Material de Eventos

Oportunidades de Negócios

Perguntas Frequentes

Recomendações

Loja Virtual

Inscrição Prof. Imre Simon - 2014 - ASSOCIADOS

Inscrição Prof. Imre Simon - 2014 - NÃO ASSOCIADOS

Livro 'Juntos Somos Mais'

Na Mídia

Artigos

Clipping

Mídias Sociais

Newsletter

Notícias das Regionais

Notícias do Setor

Notícias dos Associados

Press Kit

Press Releases

Revista TI

Semana em Brasília

>
 
 
 

(C)opyright 1976 - 2016 by Assespro Nacional

Sede: SRTVS - Quadra 701 - Bloco A - Salas 829/831
Edifício Centro Empresarial Brasília
70340-907 Brasília (DF) - Brasil
Fone/Fax: +55 (61) 3201-0932

 

Layout desenvolvido por: