Página InicialNa MídiaNotícias das Regionais

24/07/2015 - Programa da FIEMG pretende suprir os gargalos do setor de TI

Com o objetivo de entregar propostas de desenvolvimento industrial para os setores dinamizadores de cada região de Minas Gerais, a Gerência de Projetos Coletivos para Indústria (GPCI) do Sistema FIEMG executa o Programa de Competitividade Industrial Regional.

 

 

Esse programa se propõe a apresentar ações de curto, médio e longo prazo construídas por meio de um debate articulado entre a indústria, poder público, entidades de apoio e academia, segundo a Gerente de Projetos Coletivos para Indústria da FIEMG, Simone Porto. “Ao final de 2015, serão entregues Planos de Desenvolvimento Industrial Regional, um para cada região do estado, contendo proposições de projetos para 21 setores que potencializem as oportunidades identificadas considerando recortes regionais e tema”. 

O setor de TI é um dos contemplados pelo programa e identificado como dinamizador da economia. Diante disso, foram levantados dados sobre a caracterização do setor em Minas e tendências nacionais e internacionais, com objetivo de entender o posicionamento atual estratégico do segmento. Após o levantamento das informações, foram realizadas entrevistas presenciais com empresários, com o objetivo de captar quais os principais gargalos e oportunidades dentro de quatro temas: mão de obra e recursos humanos, tecnologia, inovação e modernização, mercado e produto, e exigências regulatórias. 

No dia 24 de junho, aconteceu um evento para tratar dos principais gargalos do setor de TI com a apresentação de uma agenda propositiva, com a participação da Assespro-MG, Fumsoft, SINDINFOR, Ministério de Ciência Tecnologia e Inovação (MCTI), IPEA, BNDES, BDMG, Brasscom, entre outros.

Na ocasião, iniciou um debate articulado com o intuito de construir uma matriz de ações alinhada às tendências globais identificadas para o setor em conformidade com a expertise e atuação de cada instituição convidada. 

De acordo com Simone, a próxima e última etapa irá detalhar cada uma das ações propostas e elaborar um Plano de Desenvolvimento do Setor de TI para divulgação junto às entidades do setor, com previsão para novembro deste ano. “O Sistema FIEMG pretende fornecer a cada região, projetos setoriais que permitam por meio de ações de apoio tecnológico, capacitação, adensamento da cadeia, o fortalecimento da competitividade dos setores dinamizadores da indústria mineira”, acrescentou. 

Entidades – O presidente da Assespro-MG, Marcello Ladeira, gostou do trabalho iniciado pela FIEMG e comentou que há total sinergia com as iniciativas da Assespro-MG em prol do setor de TI, e que as quatro propostas do Programa de Competitividade Industrial Regional têm relação com três dos eixos principais do programa MGTI. 

Segundo ele, as principais lacunas estão relacionadas à formação de mão de obra especializada. “Há muito enfoque no ensino superior enquanto poderíamos formar mais pessoas no nível técnico, com acesso ao primeiro emprego, em menos tempo. Há também um descolamento entre o que é ensinado nas escolas técnicas ou universidades e a tecnologia exigida pelo mercado de trabalho. Essa é uma das preocupações levantadas pela FIEMG e que também consta no eixo de capacitação do MGTI”, comparou. 

De acordo com o presidente do SINDINFOR, Arquimedes Brandão de Oliveira, programas como esse trazem para as empresas a oportunidade de conhecerem os principais gargalos que o setor vive. Com isso é possível promover ações mais assertivas na solução desses gaps. Ele considera a condução feita pela FIEMG de suma importância, por sua força e representatividade no mercado. “A agenda propositiva extrapolou o universo das empresas de TI, conseguindo reunir grandes personalidades de outros setores e eleva o projeto a um novo patamar: a elaboração de um plano de desenvolvimento, com ações de curto, médio e longo prazo em todo o estado”, reforçou. 

Segundo Brandão, a contratação de profissionais qualificados, a dificuldade no desenvolvimento de novos produtos, a percepção falha de outros setores industriais quanto à transversalidade e potencialidade do setor de TI em seu desenvolvimento, e a excessiva carga tributária são algumas das principais lacunas. “Já as oportunidades se dão quando temos programas como esse, promovidos por grandes entidades, como a FIEMG, que trazem à tona planos de mudança eficientes, capacitando melhor as empresas, apresentando aos demais setores a importância da TI e promovendo a inteligência de mercado para os nossos empresários”.

Para o presidente da Fumsoft, Leonardo Fares, o programa é muito importante para a indústria brasileira e, principalmente, para a de Minas Gerais. “É um programa fundamental para o estado, porque trata de uma questão crucial que é o papel da TI como portadora de inovações e por contribuir com o desenvolvimento da indústria. Não há forma de incrementar a produtividade sem a participação do setor de TI”, ressaltou. 

Editar esta página (área restrita)

 

Institucional

Associados

Biografias

Depoimentos

Diretoria Nacional

Diretorias Regionais

Histórico

Internacional

Missão, Visão e Valores

Núcleos Regionais

Transparência

Contatos

Contate Nossa Assessoria

Onde Estamos

Receba nossa Comunicação

Sua Opinião

Webmaster

Associe-se!

Filie-se Já!

Quem pode se Associar

Seja um Conveniado

Seja um Patrocinador

Benefícios

Comerciais

Competitividade

Eventos

Juridico-Tributarios

Reconhecimento

Recursos Humanos

Representatividade

Salas e Auditórios

Biblioteca

Agenda do Setor de TI

Dados de Mercado

Documentos

Inscritos em Prêmiações em Andamento

Inscritos em Premiações Encerradas

Legislação

Material de Eventos

Oportunidades de Negócios

Perguntas Frequentes

Recomendações

Loja Virtual

Inscrição Prof. Imre Simon - 2014 - ASSOCIADOS

Inscrição Prof. Imre Simon - 2014 - NÃO ASSOCIADOS

Livro 'Juntos Somos Mais'

Na Mídia

Artigos

Clipping

Mídias Sociais

Newsletter

Notícias das Regionais

Notícias do Setor

Notícias dos Associados

Press Kit

Press Releases

Revista TI

Semana em Brasília

>
 
 
 

(C)opyright 1976 - 2016 by Assespro Nacional

Sede: SRTVS - Quadra 701 - Bloco A - Salas 829/831
Edifício Centro Empresarial Brasília
70340-907 Brasília (DF) - Brasil
Fone/Fax: +55 (61) 3201-0932

 

Layout desenvolvido por: