Página InicialNa MídiaNotícias das Regionais

13/10/2014 - Vendas de TI para o governo: estruture sua empresa para esse desafio

As vendas para o governo possuem algumas especificidades que as diferenciam das vendas para o setor privado.

 

 

A empresa, ao se deparar com um edital de licitação, em razão do tempo exíguo e da complexidade da contratação, tem que estar precavida, de modo que seus esforços sejam direcionados para a elaboração das propostas técnicas e de preços, e não para as demais exigências dos processos licitatórios – que não são poucas, explica o sócio da Melo Campos Advogados Associados, Thiago Seixas Salgado.

Como as contratações públicas dependem de licitação, as empresas devem ficar atentas aos editais e chamamentos publicados nos diários oficiais e jornais de grande circulação, aconselha Seixas. “Existem mecanismos de aferição das oportunidades que são disponibilizadas antes mesmo do lançamento do edital, como as consultas públicas realizadas durante a elaboração dos termos de referência”, acrescenta o advogado com atuação nas áreas de direito administrativo, tributário e previdência privada.

Segundo Seixas, a Lei de Licitações, apesar das críticas, ainda é o principal instrumento legal que orienta as contratações públicas. “A interpretação dos Tribunais de Contas e do Judiciário, todavia, acaba por constituir uma nova ‘normatização’, que não deve ser descartada por quem se interessa em contratar com os órgãos públicos. O conhecimento não só da Lei de Licitações, mas também da interpretação dos órgãos contratantes, é imprescindível para que não se perca uma contratação por desclassificação ou desatendimento aos requisitos do processo licitatório”, destaca.

De acordo com o advogado, as derrotas em processos licitatórios possibilitam as empresas que perderam se prepararem melhor para outros processos, evitando, com isso, que as causas para a derrota não se repitam e não prejudiquem oportunidades que foram perdidas por detalhes. “Esta precaução e prevenção se fazem imprescindíveis diante de derrota por ausência de apresentação de documentos que poderiam ter sido apresentados se a empresa estivesse mais preparada para participar do certame anterior, tais como certidões vencidas, certificados que não abrangem o objeto da licitação, entre outros”, reforça.

Capacitação – A Assespro-MG promove o curso Vendas de TI para o governo: estruture sua empresa para esse desafio no dia 24 de outubro de 2014 (sexta-feira), de 8h30 às 17h30, no auditório MGTI. Faça sua inscrição aqui. Para mais informações, acesse www.assespro-mg.org.br, entre em contato via e-mail ariane@assespro-mg.org.br ou por telefone (31) 2514-0200.

Editar esta página (área restrita)

 

Institucional

Associados

Biografias

Depoimentos

Diretoria Nacional

Diretorias Regionais

Histórico

Internacional

Missão, Visão e Valores

Núcleos Regionais

Transparência

Contatos

Contate Nossa Assessoria

Onde Estamos

Receba nossa Comunicação

Sua Opinião

Webmaster

Associe-se!

Filie-se Já!

Quem pode se Associar

Seja um Conveniado

Seja um Patrocinador

Benefícios

Comerciais

Competitividade

Eventos

Juridico-Tributarios

Reconhecimento

Recursos Humanos

Representatividade

Salas e Auditórios

Biblioteca

Agenda do Setor de TI

Dados de Mercado

Documentos

Inscritos em Prêmiações em Andamento

Inscritos em Premiações Encerradas

Legislação

Material de Eventos

Oportunidades de Negócios

Perguntas Frequentes

Recomendações

Loja Virtual

Inscrição Prof. Imre Simon - 2014 - ASSOCIADOS

Inscrição Prof. Imre Simon - 2014 - NÃO ASSOCIADOS

Livro 'Juntos Somos Mais'

Na Mídia

Artigos

Clipping

Mídias Sociais

Newsletter

Notícias das Regionais

Notícias do Setor

Notícias dos Associados

Press Kit

Press Releases

Revista TI

Semana em Brasília

>
 
 
 

(C)opyright 1976 - 2016 by Assespro Nacional

Sede: SRTVS - Quadra 701 - Bloco A - Salas 829/831
Edifício Centro Empresarial Brasília
70340-907 Brasília (DF) - Brasil
Fone/Fax: +55 (61) 3201-0932

 

Layout desenvolvido por: