Página InicialNa MídiaNotícias dos Associados

29/11/2013 - DOCUMENTAR presta consultoria ao SEBRAE-SP

Os integrantes do Comitê de Engenharia de Software da Assespro-MG se reuniram para discutir sobre Gamification com o objetivo de aumentar o engajamento da equipe e de clientes na busca de melhores resultados.

Documentar é escolhida para elaborar a Política de Gestão Documental
do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo

 

 

 

O evento contou com a participação do Diretor de Operações e um dos sócios da Eteg, Rafael Rodrigues de Paiva, e do responsável pela Fábrica de Software da Totvs, Alexandre Montanha de Oliveira.

Rafael Paiva apresentou algumas aplicações em uso pela empresa, com base em uma metodologia de modelagem de gamification fundamentada nos seguintes pontos: Definição dos objetivos de negócio da empresa; Delimitação dos comportamentos esperados com as práticas propostas; Organização dos papéis e fluxo de atividades; Escolha das ferramentas adequadas, incorporando elementos de diversão.

Além disso, destacou a importância de se medir resultados para que a empresa possa avaliar o retorno obtido com o uso das práticas, a fim de mostrar que gamification realmente traz retorno e não é apenas um conceito lúdico e vazio.

Paiva também frisou algumas decisões da empresa pela implementação de solução própria para potencializar o uso do gamification na empresa. “Acreditamos que a nossa solução possa ser muito eficiente não somente para resolver os problemas de gestão da Eteg e obter significativos ganhos de produtividade e engajamento, mas também que ela possua grande eficácia em outros ambientes de negócios, como os setores educacional e de saúde, nos quais já temos clientes que usarão nosso produto”, ressaltou.

“Para mim e para a Eteg, é muito importante incentivarmos e termos um espaço para discutirmos as possibilidades de usarmos gamification como instrumento de engajamento das empresas. Nós da Eteg, como desenvolvedora de soluções, acreditamos muito neste caminho e queremos incentivar o assunto e, principalmente, as práticas efetivas de uso em BH e Minas Gerais, para podermos tornar nossa região uma referência em soluções efetivas de engajamento de usuários, clientes e equipes”, acrescentou.

Alexandre Oliveira da Totvs apresentou uma das definições de Gamification e que considera mais adequada, que é o uso de elementos e da maneira de pensar dos jogos em ambientes de não jogos.

Para a compreensão de como se faz, ele mostrou o estudo do sociólogo Roger Gaillois, diferenciando o significado das palavras Paidia e Ludus, onde a primeira representa jogos e brincadeiras no sentido de fazer ações descompromissadas com um propósito ou objetivo e a segunda como um jogo controlado em um ambiente de regras e com um determinado objetivo, que não só a diversão. “O gamification circunscreve-se nos domínios do ludus, onde procura, através de atividades lúdicas e dentro de sistemas planejados e controlados, orientar a realização de tarefas e resolução de problemas. Age, primordialmente, nas motivações e criação de hábitos”, explicou.

Na ocasião, informou alguns exemplos do uso dessa técnica: Para motivação de melhoria da saúde e qualidade de vida, através do controle de peso. Para tal, foram utilizadas ferramentas que proviam um controle de meta alimentar e de exercício físico, de forma divertida.

Para motivação de equilíbrio de orçamento doméstico, apresentou um jogo, onde os membros de uma família disputaram durante um mês o banho mais curto. O objetivo foi reeducar quanto ao hábito de banhos rápidos e mais econômicos.

Para aprendizado de técnicas de liderança e gestão de tarefas em equipes, o jogo do SMART. Uma competição em busca de resultados estratégicos.

Este é um tema cada vez mais crescente no Brasil e no mundo, no foco de estudo de institutos como o Gartner e emprego efetivo, como na TOTVS, pois percebe-se que a força dos games pode ser utilizada para alavancar objetivos em áreas das mais diversas, segundo Oliveira.

Opinião - O Sócio-Diretor da Raftec, Ronaldo de Moraes Soares, ficou satisfeito em ver que a Assespro-MG está pensando não somente no desenvolvimento das partes administrativas e operacionais, mas, também, num diálogo de incentivo a inovação e aplicação de novas técnicas na gestão e desenvolvimento de aplicações.

“Apesar de já acumular vários anos como prestador de serviços de consultoria na área de TI e desenvolvimento em empresas de diversas áreas, nunca vi potencial de aplicação real de métodos de Ludificação/Gamefication em um ambiente corporativo real. As situações reais de aplicações são inspiradoras e esclarecedoras”, comentou.

Editar esta página (área restrita)

 

Institucional

Associados

Biografias

Depoimentos

Diretoria Nacional

Diretorias Regionais

Histórico

Internacional

Missão, Visão e Valores

Núcleos Regionais

Transparência

Contatos

Contate Nossa Assessoria

Onde Estamos

Receba nossa Comunicação

Sua Opinião

Webmaster

Associe-se!

Filie-se Já!

Quem pode se Associar

Seja um Conveniado

Seja um Patrocinador

Benefícios

Comerciais

Competitividade

Eventos

Juridico-Tributarios

Reconhecimento

Recursos Humanos

Representatividade

Salas e Auditórios

Biblioteca

Agenda do Setor de TI

Dados de Mercado

Documentos

Inscritos em Prêmiações em Andamento

Inscritos em Premiações Encerradas

Legislação

Material de Eventos

Oportunidades de Negócios

Perguntas Frequentes

Recomendações

Loja Virtual

Inscrição Prof. Imre Simon - 2014 - ASSOCIADOS

Inscrição Prof. Imre Simon - 2014 - NÃO ASSOCIADOS

Livro 'Juntos Somos Mais'

Na Mídia

Artigos

Clipping

Mídias Sociais

Newsletter

Notícias das Regionais

Notícias do Setor

Notícias dos Associados

Press Kit

Press Releases

Revista TI

Semana em Brasília

>
 
 
 

(C)opyright 1976 - 2016 by Assespro Nacional

Sede: SRTVS - Quadra 701 - Bloco A - Salas 829/831
Edifício Centro Empresarial Brasília
70340-907 Brasília (DF) - Brasil
Fone/Fax: +55 (61) 3201-0932

 

Layout desenvolvido por: