Página InicialNa MídiaClipping

05/07/2016 - Trocando em Miúdo: Carro sem motorista deixará debate entre Uber e taxistas ultrapassado

"De um lado, a turma do tão falado Uber. Do outro, os taxistas tradicionais. No meio da confusão, a pessoa cidadã que deseja um transporte individual de melhor qualidade e, ao mesmo tempo, mais barato."

 

Olá, prezada pessoa ouvinte cidadã.

 De um lado, a turma do tão falado Uber. Do outro, os taxistas tradicionais. No meio da confusão, a pessoa cidadã que deseja um transporte individual de melhor qualidade e, ao mesmo tempo, mais barato.

Tem ainda os governos de quase 400 municípios aqui no Brasil que estão confusos com o avanço da tecnologia. Ser ou não ser Uber? Qual o problema?

Na avaliação do presidente da Federação Nacional das Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação, Jeovani Salomão, é preciso identificar a verdadeira raiz do problema para que os governos possam direcionar adequadamente suas ações.  

Os taxistas dizem que, com o Uber, estão ameaçados de perder o emprego, acabar a profissão.

Falando em charrete, que perdeu para o táxi, a pessoa me lembra de uma coisa muito importante. O pessoal do Uber que fique de olho bem aberto. O presidente da Assespro Nacional, Jeovani Salomão, diz que, em 10 anos, deve ser lançado o carro que dirige sozinho.  

Vixe, parece coisa do outro mundo. Já pensou a pessoa aí viver para, na hora de chamar um taxi, chega um carro sem motorista e te leva para o lugar combinado e a corrida é descontada da tua conta no banco, tudo no automático. E não está longe disso acontecer, não. Já tem até experiência funcionando.

Mas continuando a prosa. Uber ou Táxi. Ou carro sem motorista? Ou sei lá. De volta ao problema plantado em mais de 400 cidades no Brasil.

O que vai ser dos taxistas do nosso Brasil? Pois o Jeovani Salomão tem uma idéia. Ele sugere que o governo desmobilize sua frota própria de veículo e passe a usar o táxi. 


Mande um e-mail para a gente, para o emconta@ebc.com.br e diga o que acha dessa idéia. Todo governo passa a usar táxi para funcionário em serviço. Menos polícia, bombeiro, ambulância, lógico, né? 


Amanhã a gente continua esta prosa de Tecnologia da Informação (TI). O moderno, por exemplo, na hora da Saúde. Que tal fazer um osso, para enxerto, numa operação, usando o computador. Vixe.

 

Então, tá.
Inté e axé.

Fonte: EBC

Editar esta página (área restrita)

 

Institucional

Associados

Biografias

Depoimentos

Diretoria Nacional

Diretorias Regionais

Histórico

Internacional

Missão, Visão e Valores

Núcleos Regionais

Transparência

Contatos

Contate Nossa Assessoria

Onde Estamos

Receba nossa Comunicação

Sua Opinião

Webmaster

Associe-se!

Filie-se Já!

Quem pode se Associar

Seja um Conveniado

Seja um Patrocinador

Benefícios

Comerciais

Competitividade

Eventos

Juridico-Tributarios

Reconhecimento

Recursos Humanos

Representatividade

Salas e Auditórios

Biblioteca

Agenda do Setor de TI

Dados de Mercado

Documentos

Inscritos em Prêmiações em Andamento

Inscritos em Premiações Encerradas

Legislação

Material de Eventos

Oportunidades de Negócios

Perguntas Frequentes

Recomendações

Loja Virtual

Inscrição Prof. Imre Simon - 2014 - ASSOCIADOS

Inscrição Prof. Imre Simon - 2014 - NÃO ASSOCIADOS

Livro 'Juntos Somos Mais'

Na Mídia

Artigos

Clipping

Mídias Sociais

Newsletter

Notícias das Regionais

Notícias do Setor

Notícias dos Associados

Press Kit

Press Releases

Revista TI

Semana em Brasília

>
 
 
 

(C)opyright 1976 - 2016 by Assespro Nacional

Sede: SRTVS - Quadra 701 - Bloco A - Salas 829/831
Edifício Centro Empresarial Brasília
70340-907 Brasília (DF) - Brasil
Fone/Fax: +55 (61) 3201-0932

 

Layout desenvolvido por: