Página InicialNa MídiaClipping

13/08/2014 - Comunidades da ciência e da tecnologia lamentam a morte de Eduardo Campos

“Não à toa que ele foi ministro de Ciência e Tecnologia."

RIO - Representantes das comunidades da ciência e da tecnologia lamentaram a morte do candidato à presidência Eduardo Campos (PSB), que faleceu num acidente de avião no litoral de São Paulo nesta quarta-feira. Na opinião deles, o triste episódio significa a perda de um importante interlocutor entre esses setores e o governo. Campos foi ministro da Ciência e Tecnologia. Quando assumiu a pasta, em 2004, revisou e atualizou os programas espacial e nuclear brasileiros e aprovou o atual programa de biossegurança, que permite a utilização de células-tronco embrionárias para pesquisa.

Guilherme Leal - sócio da Natura, candidato a vice de Marina Silva em 2010 e doador da campanha de Campos

"Estou perplexo e profundamente consternado. A morte do Eduardo, um líder jovem, talentoso e apaixonado, com quem tive a oportunidade de conviver nos últimos meses, é uma grande perda para o Brasil. Me solidarizo com sua família e a de todos os que lamentavelmente perderam suas vidas nesta tragédia".

Helena Nader - presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC)

“O projeto dele de ciência é o que nós, cientistas, queremos: a visão da ciência em todos os níveis. O Brasil ficou muito mais pobre. Perdemos um grande interlocutor e um grande amigo da ciência brasileira, posso garantir isso. Enquanto ministro, foi excelente, abraçou a causa, se cercou de pessoas competentes e ouvia — essa era uma outra qualidade dele. Ele investia na educação de forma verdadeira, deu para ver com os debates que a gente teve com ele sobre ciência”.

César Camacho - diretor-geral do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa)

"É uma notícia triste e lamentável, que também nos pega de surpresa aqui em Seul, onde estamos vivendo um momento muito especial para a ciência brasileira (o acadêmico Artur Avila recebeu nesta terça-feira, na Coreia do Sul, a Medalha Fields, considerada o "Nobel da matemática"). O Eduardo sempre se mostrou conhecedor das necessidades da área. Era um amigo próximo do Impa, onde esteve várias vezes quando era ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação. O apoio dele foi crucial para a criação da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP)".

Jaco Palis - presidente da Academia Brasileira de Ciências (ABC)

“Foi uma grande perda para o cenário político do Brasil, em especial na área científica, que Eduardo tanto prezava. Em nome da ABC, lamento profundamente e apresento meus pêsames à família e à comunidade científica brasileira.”

Silvio Meira - cientista-chefe do Centro de Estudos Avançados do Recife (C.E.S.A.R)

"Eduardo era um líder nato, que nos últimos muitos anos se preparou e passou por experiências parlamentares, ministeriais e de governo que o levariam, mais cedo ou mais tarde, a dedicar sua energia, foco, competência e dedicação à condução do país, do povo que ele tanto amava e respeitava. A morte repentina e prematura de Eduardo é uma perda irreparável para o Brasil e uma catástrofe para Pernambuco".

Francisco Saboya - presidente do Porto Digital, de desenvolvimento de softwares e economia criativa de Recife

“Sem dúvida Eduardo Campos era um dos políticos mais promissores do país, com uma história comprovada em novas bases, que têm como preponderância a Ciência e a Tecnologia. Em sua passagem pela vida política de Pernambuco, sempre teve um comprometimento com as políticas da área, e sua passagem política foi determinante para o desenvolvimento do Porto Digital. É uma notícia estarrecedora a de seu falecimento, que num primeiro momento fica até difícil de acreditar. Nesse momento em que o país se encontra, necessitado de políticas públicas que prezem pela inovação e pelo estímulo ao desenvolvimento da Ciência e da Tecnologia, não poderíamos prescindir dele”.

Diogo Simões, que presidiu a Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe) durante a gestão de Campos à frente do governo de Pernambuco

“A Facepe foi a primeira fundação de amparo à ciência e tecnologia do Nordeste. Em 1989, Eduardo Campos teve participação direta nas articulações que levaram à criação da fundação. Ele tinha a percepção do caráter estratégico da Ciência e Tecnologia no desenvolvimento do país. No segundo mandato, ele alterou a legislação de incentivos fiscais obrigando que as empresas beneficiadas invistam parte do faturamento em projetos de inovação - conta Simões.

 

Luís Mário Luchetta, presidente da Federação das Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação

“Não à toa que ele foi ministro de Ciência e Tecnologia. Talvez por ser da geração mais jovem, que já começou a trabalhar utilizando o computador, Campos sempre teve uma percepção da importância das tecnologias para a automação de processos e mecanismos de governo. É uma perda enorme para o país, para o setor de TI especificamente e para o momento democrático. Ele teria muito a contribuir no processo de debate eleitoral”.

Marina Grossi, presidente do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS)

"Em meu nome e de todos os associados do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), lamento profundamente a morte do governador Eduardo Campos e dos demais passageiros do voo que caiu nesta quarta-feira em Santos, Estado de São Paulo. Prestamos solidariedade à família e aos amigos neste momento tão delicado, certos de que a história e o legado não serão esquecidos."

 

Fonte: O Globo

Editar esta página (área restrita)

 

Institucional

Associados

Biografias

Depoimentos

Diretoria Nacional

Diretorias Regionais

Histórico

Internacional

Missão, Visão e Valores

Núcleos Regionais

Transparência

Contatos

Contate Nossa Assessoria

Onde Estamos

Receba nossa Comunicação

Sua Opinião

Webmaster

Associe-se!

Filie-se Já!

Quem pode se Associar

Seja um Conveniado

Seja um Patrocinador

Benefícios

Comerciais

Competitividade

Eventos

Juridico-Tributarios

Reconhecimento

Recursos Humanos

Representatividade

Salas e Auditórios

Biblioteca

Agenda do Setor de TI

Dados de Mercado

Documentos

Inscritos em Prêmiações em Andamento

Inscritos em Premiações Encerradas

Legislação

Material de Eventos

Oportunidades de Negócios

Perguntas Frequentes

Recomendações

Loja Virtual

Inscrição Prof. Imre Simon - 2014 - ASSOCIADOS

Inscrição Prof. Imre Simon - 2014 - NÃO ASSOCIADOS

Livro 'Juntos Somos Mais'

Na Mídia

Artigos

Clipping

Mídias Sociais

Newsletter

Notícias das Regionais

Notícias do Setor

Notícias dos Associados

Press Kit

Press Releases

Revista TI

Semana em Brasília

>
 
 
 

(C)opyright 1976 - 2016 by Assespro Nacional

Sede: SRTVS - Quadra 701 - Bloco A - Salas 829/831
Edifício Centro Empresarial Brasília
70340-907 Brasília (DF) - Brasil
Fone/Fax: +55 (61) 3201-0932

 

Layout desenvolvido por: